Minerais no organismo- para que servem?

10/04/2012 20:35

 

 

 

 

 

Os minerais constituem aproximadamente 4% do nosso peso corpóreo, ou seja, se pesamos 70 kg, temos 2,8 quilos de uns 25 minerais dos quais 17 são comprovadamente essenciais para nós.

Entre os mais importantes são:

 

CÁLCIO - é um abundante mineral no corpo humano. Aproximadamente 2% do nosso peso é de cálcio e 99% disso fica nos ossos e dentes. A falta de cálcio é detectada na osteoporose. O Cálcio é fundamental para o fortalecimento de ossos e dentes, o cálcio também é necessário para o funcionamento adequado do sistema nervoso e imunológico, na contração muscular, coagulação sangüínea e pressão arterial.

Boas fontes de cálcio: espinafre, figo seco, ovos, feijão, laticínios, brócolis

 

CLORO - regula o pH do sangue. O consumo encontrado no sal é suficiente. Sua falta pode causar perda de cabelos e dentes.

Boas fontes de cloro são: espinafre, couve, dentre outros

 

COBRE - é o cobre que converte o ferro em hemoglobina que tem a função de transportar o oxigênio no sangue. Sua falta pode causar anemia.

Boas fontes de cobre são: cereais integrais, nozes, legumes, dentre outros

 

ENXOFRE - assim como o cloro, o enxofre também é indispensável, para a manutenção dos cabelos, unhas e pelo. Sua deficiência causa irritação nervosa. 

Boas fontes de enxofre: feijão, ovos, mostarda, alho, dentre outras

 

FERRO- fundamental para a formação da hemoglobina no sangue. Sua deficiência pode causar anemia ferropriva.

Importante saber  que sem a vitamina C, a quantidade de ferro obtida pela ingestão de vegetais é irrisória. O feijão, por exemplo, é rico em ferro. Porém, nosso organismo só consegue absorver apenas cerca de 10% desse mineral contido no cereal. No entanto, se o feijão for acompanhado de um alimento rico em vitamina C como suco de laranja a absorção pode chegar a 40%.

Boas fontes de Ferro: feijão, soja, ovos.

O consumo excessivo de ferro aumenta a incidência de doenças degenerativas.

 

FÓSFORO - faz parte da formação dos ossos, ajuda na produção de energia. Sua deficiência causa irritabilidade. 

Boas fontes de fósforo: legumes, ovos, queijo

 

IODO- é fundamental para a formação dos hormônios da tireóide. Sua deficiência além de causar o bócio, pode produzir um retardamento mental.

Boas fontes de iodo são: sal iodado, leite, dentre outros

 

MAGNÉSIO: assim como o cálcio tem um papel fundamental na formação dos ossos e dos dentes. Sua deficiência pode causar irritabilidade e nervosismo. 

Boas fontes de magnésio são: nozes, grãos de cereais, folhas verdes

 

MANGANÊS: é o metal responsável pelo ativamento de certas enzimas. Sua deficiência pode causar fadiga, memória fraca e irritação nervosa. 

Boas fontes de manganês: abacaxi, mostarda, cereais integrais.

 

POTÁSSIO - juntamente com o sódio também ajuda a manter as células em bom estado de funcionamento, contração muscular e equilíbrio de fluidos no organismo. Sua deficiência pode causar desde distúrbios cardíacos, fraqueza muscular, desorientação e fadiga e até paralisias.

Boas fontes de potássio: leite, ameixa, damasco, banana, farinha de soja, melado.

 

SELÊNIO

É antioxidante e é importante no crescimento celular. A ingestão de altas doses, 1 mg ou mais, pode causar intoxicação.

Boas fontes de selênio:  grãos e sementes.

 

SÓDIO - Este mineral é um eletrólito importante para a transmissão nervosa, contração muscular e equilíbrio de fluidos no organismo. Corredores participando de corridas longas devem prestar atenção na reposição de sódio para evitar a hiponatremia. Ele regula o funcionamento das células (pressão osmótica). Consumo excessivo de sódio é associado à pressão alta. É por isso que se recomenda moderação na utilização do cloreto de sódio (sal de cozinha). Porém, sua deficiência pode causar debilidade, confusão mental, cãibras.

Boas fontes de sódio: pães, queijos, azeitonas-verdes

 

ZINCO - além de essencial para o crescimento, o zinco também ajuda na cura de ferimentos da pele, cabelo, unhas, membrana mucosa. Sua deficiência pode causar retardamento no crescimento e freqüência nos resfriados.

Boas fontes de zinco são: cereais integrais, vegetais, farelo de trigo

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!