Hormônios Bioidênticos

20/02/2012 12:39

 

A modulação hormonal com hormônios bioidênticos é uma forma de tratamento e prevenção que pode ser aplicada a todos nós em algum momento da vida com o objetivo de devolver o equilíbrio hormonal e assim proporcionar maior qualidade de vida.   Seu sucesso depende da avaliação criteriosa do quadro, envolvendo sintomas, histórico de vida pessoal e familiar, resultados de exames laboratoriais, hábitos e estilo de vida, etc.  O tratamento é sempre individual e personalizado. 

Hormônios bioidênticos são substâncias quimicamente idênticas aos hormônios que o organismo humano produz normalmente e que podem ser utilizadas para devolver o nosso equilíbrio hormonal em situações onde a nossa produção está baixa   a ponto de prejudicar nossa saúde.

Assim, o tratamento é sempre prescrito e acompanhado pelo médico e os produtos podem ser aviados em farmácias de manipulação, mediante prescrição médica.

Como esta forma de terapia é relativamente nova no Brasil, ainda não está totalmente disseminada e incorporada no meio médico e farmacêutico, embora muitos cursos sejam ministrados por todo país e cada vez mais temos maior número de profissionais de saúde aptos e experientes neste assunto em todas as regiões do país. 

 

PorDr. Éfren Lopez

http://www.bioidenticos.com


A visão global do paciente, ou seja, sua relação com o meio ambiente, sua genética, seus hábitos alimentares, seu estado emocional, seu estado metabólico,  seu entorno familiar e finalmente a idade compõem elementos de auxílio diagnóstico e preventivo  importantes na abordagem da doença e seu prognóstico, nas doenças crônicas necessariamente se aplicam estes conceitos, e esta abordagem médica é o que chamamos de medicina funcional.

 

As doenças crônicas, em geral, se manifestam em forma de inflamação, de enorme complexidade química e metabólica, o comportamento médico então, busca na maioria das vezes o controle apenas dos sintomas principalmente  da dor (Ex: de doenças crônicas artrite reumatóide, lúpus, esclerodermia etc.) sem a aplicação dos conceitos da medicina funcional que faz certamente uma grande diferença no prognóstico e controle da enfermidade.

 

Quando se alivia a dor de um processo inflamatório qualquer, esperando que o próprio organismo realize a cura total da enfermidade, se faz apenas um tratamento sintomático, se ignora dessa maneira que, por trás dessa dor, existe um enorme transtorno bioquímico, agindo de forma  destrutiva e crônica nas células e que é provocado pelas variadas formas de agressão que o corpo humano sofre diariamente.

As agressões sofridas diariamente pelas células do corpo humano são chamadas também de estresse e podem ser citadas como exemplo:

 

·         Estresse traumático

·         Estresse ambiental

·         Estresse infeccioso

·         Estresse subnutricional

·         Estresse químico

·         Estresse alimentar

·         Estresse emocional

 

O estresse alimentar é provocado pela constante descarga de insulina do pâncreas, como resposta  a uma dieta sobrecarregada de açúcar, hoje em dia também as comidas industrializadas são também um importante motivo de estresse, cada vez mas carregadas de produtos químicos em forma de conservantes, corantes, emulsificantes etc. o aumento substancial das embalagens  plásticas de uso doméstico, os agrotóxicos e a falta de uma educação alimentar saudável.

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!