Bálsamo de Copaíba

27/02/2012 18:39

 


Tenho tido bons resultados com o bálsamos de copaíba para as inflamações de garganta.

Quatro gotas 3x ao dia, sempre resolveram as inflações quando no início.

Também nos ferimentos para não inflamarem ou infeccionarem é bom pingar uma gotinha

Os índios possuem muita sabedoria fitoterápica, afinal, a natureza sempre foi a farmácia das tribos.

Entrem para essa tribo. 

 


 

 

Bálsamo de Copaíba

 

Também conhecido como bálsamo de copaíba, o óleo de copaíba é obtido da copaibeira, árvore amazônica que chega a 45 metros de altura, por meio de uma incisão no tronco, do qual escorre em forma de resina.
Os primeiros a utilizarem o Óleo de Copaíba foram os índios da Amazônia que untavam o corpo depois dos combates e caças para aliviar lesões e curar feridas. Eles provavelmente aprenderam ao observar o comportamento de animais  feridos que esfregavam-se nos troncos das copaibeiras.

Com o descobrimento, os primeiros colonos sofreram muito com doenças tropicais e a falta de recursos, assim, o óleo de copaíba foi uma ótima opção medicamentosa utilizada por médicos do Brasil colonial que contornavam a escassez de remédios causada pelo suprimento irregular recorrendo às drogas indígenas; Dentre elas o óleo das copaibeiras tinha alto prestígio.
Não demorou para que o óleo de copaíba passasse a ser utilizado amplamente por moradores, exploradores e missionários do Brasil colônia. Incrivelmente poderosa, a Copaíba é até hoje um antibiótico da mata, que salva vidas de caboclos e índios feridos do Brasil e do Peru amazônico. A casca da copaibeira também é utilizada na forma de chá como antiinflamatório.

Extração sustentável”

A grande demanda pelo óleo coloca as copaibeiras em risco, por isso a extração responsável é necessária para não esgotar as copaibeiras da natureza

Estudos recentes comprovaram o potencial farmacológico do óleo de copaíba, com atividades como:
- anti-câncer (faltam testes em humanos);
- impede crescimento do trypanosoma cruzi, causador do mal de Chagas;
- antisséptico;
- cicatrizante;
- antiinflamatório;
- combate aos vírus HPV, causadores do câncer do colo do útero.

 

http://www.olharvital.ufrj.br/2006/index.php?id_edicao=087&codigo=2


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!